sexta-feira, 30 de outubro de 2009

SAIBAM: Mantras no dia a dia!

Percorrendo o meu caminho pelo Yoga e pelo Ayurveda venho aprendendo a entoar mantras e slokas.

A palavra MANTRA pode ser traduzida do sâncrito como "instrumento do pensamento": MAN deriva de MANAS, que quer dizer mente ou pensar, e o sufixo TRA significa ferramenta.

Compostos de apenas uma sílaba (como o mantra OM) ou por frases inteiras, os mantras têm de ser pronunciados corretamente e com o entendimento do que ele quer dizer. Assim é possível usufruir do benefício da sua repetição, seja com a finalidade de concentração, cura, prece, canto... o resultado final de entoar um mantra é sempre benéfico e traz um tremendo bem-estar. Nos leva diretamente ao encontro com a nossa paz interior, o nosso "inner self".

Para incrementar a minha prática, trouxe da Índia um insrumento chamado Shruti Box - é um fole, com umas chaves para você escolher o tom que deseja. Dependendo se vai tocar em grupo ou sozinho, pode-se ajustar o tom em dó maior, por exemplo, ou o tom que mais se ajusta a sua voz. É só acertar o tom e apertar e ele vai: OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOMMMMMMMMMMMMM.....



e assim vai você junto, inspira e  .... LOKÁ SAMASTÁ SUKHINO BHAVANTU .... ("que todos os seres sejam felizes")....   e inspira profundamente e ....OM SHANTI SHANTI SHANTIH, HARI OOOOMMMMM...... ("que haja paz, paz, paz, que assim seja")....

Entoar mantras com o Sruti box é divino, mas ele não é necessário! Não é preciso vocalizar os mantras o tempo todo, eles podem ser apenas mentalizados, aliás, é este o ideal. Ou o mantra pode ser recitado por repetição, se chama japa: com o auxilio de um japa-mala, um rosário de 108 contas, a fim de aumentar o seu efeito. Ou ainda na forma de kirtan, um grupo de pessoas cantando juntas, onde uma entoa o mantra e as outras respondem, repetindo. Como faz o Krishna Das em seus CDs.

No dia-a-dia estou me habituando a entoar mantras em alguns momentos especias, como fazem os hindus: ao acordar, antes de comer e antes de deitar. No mínimo, já que no hinduísmo há mantras também para a hora do banho, para cozinhar, para preparar medicamentos, para acender uma lamparina, para iniciar ou terminar uma aula (não necessariamente de yoga, aula mesmo, tipo de faculdade), nos pujas (preces, rituais), um número enorme de mantras para cada uma das divindades hindus... Se você quiser pode passar o dia inteiro entoando mantras! Preciso me certificar se já existem mantras modernos para dirigir, para antes de escrever no blog, para antes do plantão ou da reunião.... brincadeira!

Para momentos que exigem concentração, dedicação, ou em situações difíceis em que seja necessário tranquilidade, proteção e equilíbrio espiritual, pode-se entoar o GAYATRI MANTRA... Mas eu precisaria de um novo post para explicá-lo, pois este é o mantra dos mantras, o mantra mais sagrado dos Vedas, o mais importante das tradições hinduístas.

De qualquer forma, tinha pensado em compartilhar aqui com vocês, um mantra para antes das refeições.





É quie a maioria de nós tem o hábito de agradecer a refeição, de agradecer o fato de não nos faltar o pão. Mas não nos damos conta que o alimento para o corpo é também alimento para a alma. O alimento deve ser visto como oferenda divina(prasada) para o nosso corpo e, além disso, através da sua essência, como alimento para a alma. Já que Brahman tudo permeia, ele está também no alimento e está também dentro de nós.

Faz parte do puja (ritual) a oferenda de alimentos, para reverenciar determinado deus. Da mesma forma, ao nos alimentarmos estamos reverenciando o deus que existe em nós. Na Índia, na saída dos templos, ao final dos pujas, todos recebemos prasada - a oferenda divina.

Então, antes de levantar o garfo e devorar aquele pratão de lasanha, contenha-se e tome consciência da divindade do alimento que irá enriquecer a sua alma! Se quiser, entoe o mantra:

brahmárpanam brahmahavih bramágnau brahmaná hutam

brahmaiva tena gantavyam brahmakarmasamádhiná

"Qualquer meio de oferenda é Brahman, o fogo na qual a oferenda é feita é Brahman, aquele que oferta é também Brahman. De fato, atinge Brahman quem reside em Brahman"

Para ouvir como se pronucia este mantra você pode acessar: http://yogavaidika.blogspot.com/2009/08/purna-vidya-heranca-vedica.html 

Lá tem outros muitos mantras interessantes, para antes de levantar, para antes de dormir, para paz.... É um blog muito rico, vale a visita! 

OM SHANTI!

2 comentários:

angela disse...

Legal você repassar essas informações.
beijos

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Eu sou apaixonado por mantras...a sonoridade, a mensagem...a energia.
Trazem uma corrente vibratoria muito boa, renovam nossa energia interior.

Fiz alguns videos com imagens que filmei aqui e coloquei mantras como trilha.
http://www.youtube.com/watch?v=j91QAO7Ux9E

http://www.youtube.com/watch?v=vvMj7hHRjuc

http://www.youtube.com/watch?v=nRwfQNq83LU

fazem um bem pra alma ne

Bom feriadao pra vc
Namaste

TRAJETÓRIA PROFISSIONAL

Médica formada na Faculdade de Medicina do ABC em 1999. Fez residência em Pediatria na Escola Paulista de Medicina – UNIFESP até 2002.

Especializou-se em Homeopatia pela Escola Paulista de Homeopatia, atual ICEH, de 2003 a 2005.

Seu interesse em Ayurveda nasceu com o início das práticas de Yoga em 2002. Em 2007, fez o módulo I de formação em Yoga com Pedro Kupfer. Em 2008 concluiu a formação em Ayurveda na Clínica Dhanvantari em São Paulo, com Dr. Luiz Guilherme Corrêa Neto.

Na Índia, fez estágio em Ayurveda e Pregnancy & Baby Care na “School of Ayurveda & Panchakarma”, Kannur, Kerala, em Janeiro de 2009 e no Arya Vidya Peetam Trust, AVP Hospital, Coimbatore, em janeiro de 2010.

Atualmente trabalha na em seu consultório, atendendo a consultas de Pediatria e Puericultura, permeadas pela Homeopatia, pelo Ayurveda e pela sua bagagem de maternagem.

Escreve o blog PEDIATRIA INTEGRAL no Portal de maternidade ativa Vila Mamífera.

TODOS SOMOS UM