terça-feira, 6 de setembro de 2005

NONSENSE: a 999a. lágrima

Posted by Picasa

O texto que deu nome ao espetáculo de sábado é este aqui: MILÁGRIMAS. Fiquei bastante tocada quando foi apresentado. A sincronicidade realmente não me abandona. Lá estava eu, bem acompanhada, assistindo a um espetáculo que, por coincidência (?), me dizia respeito e que me desencadeou uma série de emoções. Ocasião significativa. Para que mais? Pois é. Bem na hora em que eu me perguntava "pra que mais? 'tá tudo tão bom que podia congelar assim..." começou a ser apresentado este texto. E aí entendi porque que eu estava ali...

Milágrimas
(Itamar Assumpção e Alice Ruiz)

Em caso de dor ponha gelo,
Mude o corte de cabelo,
Mude como modelo.
Vá ao cinema, dê um sorriso,
Ainda que amarelo, esqueça seu cotovelo.
Se amargo foi já ter sido,

Troque já esse vestido,
Troque o padrão do tecido.
Saia do sério, deixe os critérios,
Siga todos os sentidos,
Faça fazer sentido.
A cada mil lágrimas sai um milagre...
Caso de tristeza, vire a mesa,

Coma só a sobremesa, coma somente a cereja.
Jogue para cima, faça cena,
Cante as rimas de um poema,
Sofra penas, viva apenas.
Sendo só fissura ou loucura,
Quem sabe casando cura, ninguém sabe o que procura.
Faça uma novena, reze um terço,
Caia fora do contexto, invente seu endereço.
A cada mil lágrimas sai um milagre...
Mas, se apesar de banal,

Chorar for inevitável, sinta o gosto do sal... do sal.. do sal...
Sinta o gosto do sal.
Gota a gota, uma a uma...
Duas, três, dez, cem mil lágrimas, sinta o milagre....
A cada mil lágrimas sai um milagre ...

Ouvir isso naquele dia, naquela hora, ao lado do..... bom, ao lado de quem já é ouuuuutra história... hehehehehe.......... é sincronicidade pura... (sabe aquele trecho que publiquei outro dia? "odeio quem me rouba a solidão sem em troca me oferecer verdadeiramente companhia"? só posso dizer isso - É verdadeiramente compania). Enfim, voltando!

É esse meu momento: de mudar o padrão e o corte de cabelo. De dar aquele sorrisinho amarelo, sentir que o amargo ficou para trás. Fazer cena (fiz uminha nestes últimos dias, hehehehe), rezar, curtir poesia, virar a mesa... é o que eu tenho feito ultimamente! Tão EU!!! Estou tentando sair um pouco do sério e agir sem tanto critério. E vivo, e sofro minhas penas... Quero muito que tudo faça mais sentido!

Minha útima lágrima saiu assim meio furtiva, sem avisar, no meio de uma conversa sincera e de coração escancarado. Nem um pouco banal. Não foi lágrima de tristeza, nem de alegria, nem de esperança, nem de fim-de-linha... foi a minha 999a. lágrima! Esta minha última lágrima, foi mesmo uma lágrima só. Uma só. Uma sózinha assim. Não foi choro. Era a constatação da sincronia - a certeza que, o que eu vivo agora eu tinha mesmo que viver. Quem está na minha vida agora, tinha mesmo que estar. Tudo está como está, é como é, porque assim tem que ser. Nem sempre eu gosto destas constatações. Mas naquele momento fiquei tão cheia de carinho que a danadinha da 999a. lágrima escapou...

Quem sabe na próxima sai um milagre....

OM SHANTI!

4 comentários:

Dalva disse...

Eu, com os meus sensores maternais ativados pelo seu sniff sniff sniff, já sinto que o leite me vasa! Já dou colinho, já embalo. Mãe é fogo... "Pronto, pronto, já passou!". Tá?

Linká-la-ei!

Tita Aragón disse...

Vim por curiosidade, fiquei por prazer... nada é por acaso! Namaste!

Tita Aragón disse...

Escreve mais, vai! Adoro passear aqui! Beijos!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.

TRAJETÓRIA PROFISSIONAL

Médica formada na Faculdade de Medicina do ABC em 1999. Fez residência em Pediatria na Escola Paulista de Medicina – UNIFESP até 2002.

Especializou-se em Homeopatia pela Escola Paulista de Homeopatia, atual ICEH, de 2003 a 2005.

Seu interesse em Ayurveda nasceu com o início das práticas de Yoga em 2002. Em 2007, fez o módulo I de formação em Yoga com Pedro Kupfer. Em 2008 concluiu a formação em Ayurveda na Clínica Dhanvantari em São Paulo, com Dr. Luiz Guilherme Corrêa Neto.

Na Índia, fez estágio em Ayurveda e Pregnancy & Baby Care na “School of Ayurveda & Panchakarma”, Kannur, Kerala, em Janeiro de 2009 e no Arya Vidya Peetam Trust, AVP Hospital, Coimbatore, em janeiro de 2010.

Atualmente trabalha na em seu consultório, atendendo a consultas de Pediatria e Puericultura, permeadas pela Homeopatia, pelo Ayurveda e pela sua bagagem de maternagem.

Escreve o blog PEDIATRIA INTEGRAL no Portal de maternidade ativa Vila Mamífera.

TODOS SOMOS UM